Vigilância on-line

Sonia Racy

07 de janeiro de 2012 | 23h02

Alexandre Padilha tem apostado na força das redes sociais para se antecipar a epidemias.

O Ministério da Saúde monitora Twitter e Facebook em busca de informações nos quatro cantos do Brasil.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.