Vida animal 2

Redação

29 de janeiro de 2009 | 06h00

Chiquérrima perua em depressão, devidamente paramentada com seu reluzente Rolex, passeava pelos Jardins quando foi surpreendida por um ladrão que lhe apontou o revólver. “Não vou dar nada não. Pode atirar que você estará me fazendo um favor”, esbravejou. Assustado, o delinquente mudou sua pontaria para o peludo ao lado.

Levou o relógio.

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.