Vic Meirelles abre floricultura na Vila Leopoldina

Vic Meirelles abre floricultura na Vila Leopoldina

Sonia Racy

23 de julho de 2017 | 01h35

Foto: Iara Morselli

Florista há 30 anos, Vic Meirelles montou uma loja de arranjos, buquês, vasos, lustres e castiçais, que ele descreve como “um bric-à-brac”, na Vila Leopoldina. “Estou em um desapego, é quase um garage sale”, explicou o decorador.

A novidade é uma parceria com a Real Flores, conhecida como Sapinho, que já mantinha um galpão perto do Ceasa. Lá, Vic – que já fez trabalhos para FHC, Marta Suplicy e Daniela Cicarelli – pretende diversificar a clientela. “Estou atendendo um outro público agora. Há mais jovens, por exemplo”, observou. Vende arranjos mais baratos, de preços variados.

Mas seus serviços “premium” continuam: ele mantém na nova loja, um balcão que batizou de “alta costura do arranjo de flor”. Estes caros, em que ele senta para conversar com o cliente, desenha a decoração e faz testes com os arranjos.

Tendências: