Vencer ou vencer

Sonia Racy

11 de abril de 2012 | 01h04

A pressão sobre Mano Menezes é muito maior do que José Maria Marin tem feito parecer. Com a ausência da Argentina nas Olimpíadas, a dispensa do treinador, em caso de fracasso, é tida por diretores da CBF como certa.

Marin já teria até seus preferidos para substituir Mano: Felipão e Muricy. No caso do palmeirense, com a bênção de parte da diretoria alviverde.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.