Velejadores brasileiros são libertados em Cabo Verde

Velejadores brasileiros são libertados em Cabo Verde

Sonia Racy

07 de fevereiro de 2019 | 15h58


OS VELEJADORES NO BARCO. FOTO ARQUIVO PESSOAL

A Justiça de Mindelo, em Cabo Verde, libertou na manhã desta quinta-feira os três velejadores brasileiros e outro francês detidos no ano passado, acusados de tráfico de drogas. A decisão permite aos brasileiros voltar ao Brasil e acompanhar daqui o andamento do processo que continua tramitando contra eles na ilha.

Na sentença, o TribunalJudicial de São Vicente afirma que a decisão foi tomada “por entender que a demora in casu do julgamento dos arguidos (…) pode vulnerar o direito constitucional da presunção de inocência”. E adianta que os quatro “aguardem os ulteriores tramites do processo”.

Daniel Dantas, Rodrigo Dantas, Daniel Guerra e Olivier Thomas deixaram o Brasil, em 2018, com a tarefa de levar o  barco de um inglês até Cabo Verde e foram presos ao chegar ao litoral africano. Fazendo buscas, a polícia local descobriu um fundo falso onde havia uma tonelada de cocaína. Os quatro afirmaram, em processo, não ter conhecimento da carga — afirmação que foi confirmada pela Polícia Federal brasileira ao longo do processo, e ignorada pela Justiça cabo-verdeana.

Tendências: