Vazamento sobre pedidos de prisão cria desafio ao Supremo

Sonia Racy

08 de junho de 2016 | 00h41

O vazamento de pedidos da PGR ao STF, no âmbito da Lava Jato, envolvendo Renan Calheiros, Romero Jucá, José Sarney e Eduardo Cunha, coloca o Supremo em situação delicada.

Segundo se apurou ontem nos meios jurídicos, se a corte decretar as prisões cria um conflito tão forte quanto o das próprias detenções – cujos pedidos, à primeira vista, parecem frágeis.

Se não o fizer, pode gerar um grande mal-estar na população, contra o Supremo.

Limite

Indagado sobre o assunto, Ary Oswaldo Mattos Filho, fundador da FGV Direito, faz uma observação indireta: “A força do direito tem um limite. Ele pode se romper por situação de exceção ou, então, pela desobediência popular ao cumprimento de normas.”

Tem que se olhar, com cuidado, a linha fina.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: