Vai que…

Sonia Racy

28 de fevereiro de 2014 | 01h11

Consta que a Alston mantém, desde semana passada, um helicóptero de prontidão em sua subsidiária de Caracas.

Para retirar seus executivos “em caso de emergência”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.