Vai piorar

Sonia Racy

27 Janeiro 2012 | 23h07

Mark Pieth, consultor independente contratado pela própria Fifa para analisar a estrutura funcional da entidade, anda pessimista.

A interlocutores, disse não acreditar que os escândalos parem de aparecer. “Até 2015, quando Blatter deve deixar a presidência, outras cabeças vão rolar”, afirmou. “Muita gente no comitê executivo vai perder o emprego”.

Seu principal aliado na investigação? “A imprensa!”