Vaga de Portella na ABL deve ficar com Antonio Cícero

Sonia Racy

11 Maio 2017 | 12h05

Está praticamente batido o martelo entre os imortais da Academia Brasileira de Letras. O poeta, filósofo e compositor Antonio Cícero deve ser o próximo integrante do grupo, na vaga que era de Eduardo Portella. Ele já havia concorrido na disputa anterior, dois meses atrás, pela cadeira de Ferreira Goulart, e foi vencido “no segundo turno” por Arno Wehling.

Carioca, filho de pais piauienses, Cícero é irmão da cantora Marina Lima, que fez sucesso com criações dele, como Fullgás e  Para Começar.