Universal Music foi à Justiça contra anúncio de couve

Sonia Racy

15 Setembro 2018 | 00h50

A Universal Music, que tem direitos de Garota de Ipanema, foi à Justiça contra anúncio de empresa alimentícia dizendo “olha, que couve mais linda, mais cheia de graça…”. Mas para o STJ a propaganda vale: “Não deprecia a obra original”.

Leia mais notas na coluna:
Partido Novo estuda pedir impugnação de Haddad
Não pode haver consulta ao TSE sobre Mourão, explica advogado

Mais conteúdo sobre:

música