Unindo impostos

Sonia Racy

04 de maio de 2013 | 01h11

A depender de Romero Jucá, o Brasil terá, além da Suframa, outras sete áreas de livre comércio.

O senador entrou com projeto na Comissão de Assuntos Econômicos pegando carona na nova proposta de unificar o ICMS – que incluiu preservar a Suframa. “O Eduardo Braga deu um tiro no pé ao modificar o projeto original”, critica Andrea Calabi, secretário da Fazenda de Alckmin, antevendo uma enxurrada de duty frees espalhados pelo País.

Em Brasília, aliás, o assunto ICMS ferveu ontem. Consta que Dilma avalia ser melhor a proposta original, e Guido Mantega prefere a nova.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.