Única e preciosa

Única e preciosa

Sonia Racy

03 Julho 2016 | 01h20

Ara Vartanian (11).JPG SAO PAULO SP 26/06/2016 EXCLUSIVO COLUNA DIRETO DA FONTE - Retrato - Ara Vartanian Foto: Iara Morselli/ESTADÃO

FOTO: IARA MORSELLI/ESTADÃO

 

De família de joalheiros, Ara Vartanian até tentou seguir outro rumo – o do mercado financeiro –, mas, como ele próprio diz, “foi um desastre”. Foi há 16 anos que o sangue falou mais alto e o levou a criar a marca de joias que leva seu nome. No dia 11, o designer alça voos mais altos e abre sua primeira butique fora do País. Cidade escolhida? Londres. Por quê? “É onde posso abrir uma pequena loja e colocar minhas peças para as pessoas apreciarem delicadamente. Lá há a cultura de apreciar o artesanal. Isso me deu a segurança de que precisava.” Segurança que lhe foi garantida, também, pela insistência de alguns clientes mais famosos, como Kate Moss – que só o convenceu depois de um segundo convite feito para que ele passasse uma temporada na capital britânica para encontrar o local ideal. Autodidata, a pedra é o foco principal de suas joias. “No meu processo de criação, há todo um namoro entre eu e a pedra, que é o centro de tudo. A partir da pedra que eu desenho a peça.” Todas exclusivas.