Uma vida

Sonia Racy

18 de março de 2014 | 01h01

Raquel Arnaud reúne, no Instituto Tomie Ohtake, 120 obras de artistas que fizeram parte de sua trajetória. Tudo para celebrar, em jantar fechado hoje, 40 anos de carreira como marchande.

A exposição das peças (emprestadas por colecionadores) abrirá ao público amanhã.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.