Última Parada: LA

Redação

17 de setembro de 2008 | 19h10

Bruno Barreto viu crescer seu cacife nas negociações de Última Parada 174. Candidato do Brasil ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, o longa já atraiu três distribuidoras internacionais: a IFC (Independent Film Channel), a Magnólia (responsável pela carreira internacional de Tropa de Elite) e a Weinstein Company, de Rody Weinstein, ex-todo-poderoso da Miramax.

“Vamos começar a conversar na semana que vem”, comemora o feliz cineasta.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.