Última cartada

Sonia Racy

19 de dezembro de 2012 | 01h07

Conforme antecipado ontem no blog da coluna, Alberto Toron– defensor de João Paulo Cunha no mensalão – protocolou petição no Supremo, pedindo que a discussão sobre a prisão imediata dos réus entre em pauta hoje – última sessão do STF neste ano. Márcio Thomaz Bastos, advogado de José Roberto Salgado, também.

Tudo para evitar que Joaquim Barbosa julgue sozinho.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.