Ufa!

Sonia Racy

13 de outubro de 2010 | 23h06

Depois de assistir Tropa de Elite 2, Eduardo Suplicy saiu aliviado pelo fato do filme ter sido lançado após o primeiro turno das eleições. O longa, patrocinado pelo Estado do Rio, atinge a imagem de Sérgio Cabral de maneira explícita. “O diretor, felizmente, não se prestou a influenciar o processo eleitoral carioca”, justificou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: