Ufa!

Sonia Racy

21 de junho de 2010 | 08h06

Circula em Washington que os lobistas brasileiros respiraram aliviados com a decisão do Brasil em adiar as retaliações aos Estados Unidos.

Temiam, por exemplo, que a manutenção das medidas pudesse interferir diretamente nas negociações para redução das tarifas do etanol.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.