Turbulência

Sonia Racy

11 de janeiro de 2011 | 23h09

A visita do senador norte-americano John McCain à Dilma para fazer lobby pró-caça F-18E/F confirmou a maior restrição ao jato da Boeing. Dificilmente haverá transferência de tecnologia, tópico inegociável pelo Governo para renovar frota de combate da FAB.

McCain afirmou ter “intenção de fazer com que o Congresso e Obama ofereçam garantias de que haja completa transferência de tecnologia, caso o Brasil opte pelo F-18″. Ou seja, os pontos não estão totalmente definidos nos EUA. E, se a aeronave for escolhida, haverá ainda muita negociação.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.