Túnel do tempo

Redação

03 de maio de 2009 | 06h00

Alguns artistas plásticos e galeristas estão recebendo um e-mail cheio de indignação que leva a assinatura de Ciccillo Matarazzo. A carta virtual começa assim:

“Diante dos últimos acontecimentos que atingem a Bienal Internacional, que fundei em 1951 e presidi até a minha morte em 1977…” O remetente real preferiu não mostrar a cara.

Veja também:
documentoOutras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.