Tudo em casa

Sonia Racy

23 Fevereiro 2012 | 23h03

Depois de emplacar o caçula no CNJ, o ministro Emmanoel Pereira, do TST, trabalha por seu outro filho, Erick.

Ele já tentou vaga no Conselho. Perdeu. Agora, quer ser ministro do TSE – na vaga destinada aos advogados.