Tudo certo

Sonia Racy

11 de fevereiro de 2014 | 01h11

Sentindo-se muito lisonjeado pelo convite para ocupar o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Abilio Diniz não aceitou. “Sou muito mais útil ao País trabalhando com investimento, capacitação e gestão”, explica o presidente do conselho da BRF.

A presidente Dilma, segundo Diniz, concordou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.