Tudo azul

Sonia Racy

22 de setembro de 2012 | 01h05

Luís Adams não vê mais motivo para que se mantenham as greves em curso pelo País – como a dos policiais federais.

Em conversa com Marco Maia, presidente da Câmara, o advogado-geral da União salientou que a Lei Orçamentária enviada ao Congresso resolveu as divergências.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.