Tucanos que disputam candidatura ao senado negam escolha de Tripoli

Sonia Racy

22 Maio 2018 | 01h00

Mais confusão no PSDB. Ricardo Tripoli, ex-líder dos tucanos na Câmara, foi escolhido pela “cúpula” para ser o candidato ao Senado por São Paulo.

Seus pares, Cauê Macris, Pedro Tobias e Mara Gabrilli não gostaram e procuraram a coluna para dizer que não há nada definido.

Cauê, presidente da Assembleia paulista, afirma que conta com apoio unânime da bancada estadual para se candidatar ao Senado e que não aceita mais decisão de “dois ou três caciques”.

Tobias, presidente estadual do PSDB, informa que “a escolha será feita de maneira coletiva pelo diretório”.

Mara Gabrilli, por sua vez, conta que é a candidata preferida do grupo “PSDB Esquerda pra Valer” e que tem apoio de tucanos de alta plumagem.

Leia mais notas da coluna:

+ ‘Alunos dos EUA estão liderando protestos civis’, diz especialista de educação de Harvard

Só nesta semana, outros dois casos de reações a assalto terminam com morte dos PMs