Tucano é ministro por um dia

Sonia Racy

27 de julho de 2018 | 01h04

Por 24 horas, o PSDB retorna ao governo Temer — mais exatamente pelo Ministério da Educação. Secretário executivo da pasta, Felipe Sigolo, tucano histórico de SP e ligado a Alckmin, substitui o ministro Rossieli Soares, que foi a evento na Bolívia