Encontro Trump-Kim Jung-un é ‘muito positivo’, opina ex-embaixador

Encontro Trump-Kim Jung-un é ‘muito positivo’, opina ex-embaixador

Sonia Racy

13 Junho 2018 | 01h00

KIM JONG-UN E TRUMP

KIM JONG-UN E TRUMP. FOTO: SAUL LOEB/AFP PHOTO

Veterano analista de estratégias internacionais, Roberto Abdenur, ex-embaixador na China, Alemanha e EUA, considerou “muito positivo” o encontro Trump-Kim Jung-un. Primeiro, “porque interrompeu uma situação que caminhava para sério risco, entre Coreia do Norte, do Sul e Japão”. Segundo, “porque no tratado é mencionada três vezes a questão da desnuclearização daquela região”.

Esse processo “não será da noite para o dia, mas já está em marcha”. E Kim conseguiu, conclui Abdenur, o que mais desejava: a garantia de que seu país não será atacado.

Leia mais notas da coluna:

Promotor e juiz que mandaram esterilizar mulher são os mesmos que atuam em sua ação criminal

Cupido de Trump e Melania sonha que seu filho chegue à Casa Branca