Troca de milhões por bilhões

Sonia Racy

22 de junho de 2012 | 01h12

Corre pelo mercado que Alpha Condé, presidente da Guiné – que está no Brasil para a Rio+20 – tem coisas a explicar para a Vale.

O governo de Condé deu como garantia a empréstimo de US$ 25 milhões nada menos que… 30% dos ativos de minério do país. A operação foi feita com a Palladino Capital, empresa registrada nas Ilhas Virgens Britânicas.

Com impacto direto na mina de Simandou, naqual a Vale tem participação significativa. Só ela (que entra no “bolo” em caso de inadimplência) está avaliada em mais de… US$ 10 bilhões.

Consultada, a Vale preferiu não se pronunciar.

Bilhões 2
O arranjo articulado por Condé deixa em situação embaraçosa figuras como Tony Blair e George Soros – conselheiros do governo de Guiné para reformular o setor de mineração no país.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.