Tristeza tem fim

Sonia Racy

13 de maio de 2010 | 08h13

Ronaldo, que quase chorou ao declarar que sentia dores no corpo por causa de oito operações, resolveu, no mesmo dia, quinta, afogar as mágoas.

Com a certeza de que não seria convocado para a Copa, foi visto leve e solto ao lado de outro “desconvidado”, Adriano. Em camarote privê na boate Royal.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: