Triste, a vida

Sonia Racy

01 de fevereiro de 2014 | 01h08

Pela primeira vez, o Banco Mundial resolveu ranquear os ‘think tanks’. Divulgado esta semana, o estudo analisou 45 entidades dedicadas a pesquisas em toda a América Latina.

Em primeiro lugar na região ficou a FGV, contrastando com a fraca colocação do Ipea – que aparece somente na 12ª posição da lista. Atrás de iFHC, Cebri e Cebrap.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.