Trio los três

Sonia Racy

18 de julho de 2014 | 01h05

O estimulante jantar reservado com seus colegas da China, Zhou Xiaochuan, e da Rússia, Elvira Nabiullina, em um restaurante em Fortaleza, fez com que Alexandre Tombini, do BC, atrasasse seu voo de volta a Brasília na noite da segunda-feira.

Foram mais de duas horas de conversa. E, no cardápio, intensa troca de informações. O interesse é justificável: juntos, os três administram US$ 4,8 trilhões em reservas internacionais – cerca de 40% das existentes no mundo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: