Tréplica

Sonia Racy

08 de novembro de 2014 | 01h06

O governo japonês vem tentando agendar, mas não consegue obter resposta de Dilma sobre uma visita oficial ao país no ano que vem. A presidente, que deveria ter ido a Tóquio em junho de 2013, acabou cancelando a viagem por causa da onda de manifestações populares.

Em tempo: Shinzo Abe, primeiro-ministro do Japão, esteve no Brasil em agosto.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.