Treinando o futuro

Sonia Racy

22 de junho de 2016 | 00h25

Embora falte ainda mais de um mês para a saída da ministra Nancy Andrighi da Corregedoria do CNJ, João Otávio Noronha já tem feito visitas ao seu futuro gabinete.

Também tem mandado auxiliares para acompanhar o serviço e se inteirar da rotina da nova função. O nome do sucessor precisa, ainda, passar pela aprovação do Senado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: