TRE diz que usará Código Penal para julgar corrupção e lavagem

TRE diz que usará Código Penal para julgar corrupção e lavagem

Sonia Racy

17 de maio de 2019 | 00h55

DESEMBARGADOR CAUDURO PADIN. FOTO: TRE-SP

DESEMBARGADOR CAUDURO PADIN. FOTO: TRE-SP

Dura lex…

Em resposta aos que afirmaram que a Justiça eleitoral não é o melhor caminho para julgar crimes comuns associados ao caixa 2, o desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin, presidente do TRE-SP, dá um recado: ela vai, a exemplo da Justiça Federal, valer-se do Código de Processo Penal nos inquéritos e ações sobre os crimes comuns – como corrupção e lavagem de dinheiro – que estiverem associados ao caixa 2.

“A legislação é a mesma”, avisou Padin à coluna, ao antecipar os procedimentos para os crimes conexos aos eleitorais, como os da Lava Jato.

…sed lex

Exemplos? Um juiz eleitoral poderá autorizar quebras de sigilo bancário e telefônico ou decretar prisão preventiva ou temporária. Da mesma forma, ressaltou, um mesmo juiz pode, em tese, condenar um político à perda de mandato – por crime eleitoral – e à prisão – por crime comum.

Dura lex 2

Até agora, o TRE paulista recebeu 22 inquéritos decorrentes da Lava Jato. Os de Michel Temer, José Serra, Geraldo Alckmin e Gilberto Kassab estão na 1.ª Zona Eleitoral, aos cuidados do juiz Francisco Carlos Inouye Shintate.

Olá, Europa

Depois de longos anos de negociação, o governo brasileiro conseguiu – como divulgou ontem o blog da coluna – um avanço decisivo na busca de um acordo comercial, ao lado da Argentina, com a União Europeia. Segundo fonte credenciada do Planalto, um texto definitivo deve ser anunciado em breve. As áreas de Economia, Relações Exteriores e Agricultura já deram seu OK.

Falta contornar um “pequeno” problema: a gritaria dos  produtores de vinho dos dois países, que não querem se submeter a uma abertura gradual de mercado de… 15 anos.

Verde escuro

O Ministério do Meio Ambiente e a CGU constataram, num exame dos contratos do Fundo Amazônia – num total de cerca de R$ 1,5 bilhão – que uma boa parte deles está com prestação de contas inadequada ou sem comprovação de despesas.

Verificou-se ainda, como informou ontem o blog Direto da Fonte, que o gasto com salários consome 60% dos orçamentos – e alguns deles batem nos R$ 46 mil.

Os dados completos saem hoje, na sede do Ibama.

Dallas party

Assim que o locutor anunciou o nome de Bolsonaro, na cerimônia de ontem em Dallas, todo mundo se levantou e bateu palmas… e nada. Plateia sentada, veio outro anúncio, palmas… e nada. Só na terceira vez ele apareceu, para falar por cerca de 11 minutos.

Durante a festa, o presidente ficou o tempo todo em sua mesa. E quem circulou muito pelo salão foi… João Doria.

Quem vem

A dupla Domenico Dolce e Stefano Gabbana desembarca no Brasil no fim do mês. Motivo? Lançar o livro Queens – Alta Moda di Dolce &Gabbana. Com direito a receber amigos na loja da grife no JK Iguatemi, dia 28.

Quem vem 2

Entre os convidados, mulheres que foram fotografadas para a publicação — como Vivianne Piquet, Andrea Dellal, Iara Jereissati, Anna Claudia Rocha, Agla Mara Dondo, entre outras.

Memória

Dez anos depois do acidente, a família de Roger Wright convida amigos para um encontro na Pinacoteca, dia 22. Haverá também a exibição da nova montagem da coleção da família, cedida em comodato para o museu.

Leia mais notas da coluna:
+ MMA e CGU encontram irregularidades no Fundo Amazônia 
+ Brasil e Argentina devem fechar acordo com União Europeia em 30 dias

Tendências: