Transparência 2

Sonia Racy

10 de novembro de 2010 | 23h06

O dinheiro que Silvio Santos aportará sai de empréstimo do Fundo Garantidor de Crédito do BC. Fundo este criado à época do Proer sofrendo fortíssimas críticas, principalmente do PT. Sua finalidade? Socorrer instituição financeira com dificuldade momentânea de liquidez. Não é o caso do Panamericano, cuja dificuldade é bem outra.

Mesmo assim, quem entende do mecanismo do fundo, acha que o BC optou corretamente por fazer o empréstimo. Caso contrário, é certo que a instituição quebraria, o FGC seria obrigado a cobrir o mesmo buraco e a CEF, sócia em 49% do banco, sofreria abalo sísmico certeiro.

O que criaria confusão e tumulto no mercado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: