Toque de Midas

Sonia Racy

02 de junho de 2016 | 01h24

Um consumidor maranhense ficou com o nome sujo na praça em virtude de uma dívida – que ele pagou em uma conta indevida – de R$ 3 mil, contraída em setembro de 2002.

Mesmo assim, veio agora o pedido de indenização decretado pelo TJ do Maranhão: desproporcionais… R$ 7 milhões.

Que foi aplicado pelo juiz Douglas Amorim.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.