To the point

Sonia Racy

05 de março de 2011 | 23h05

Marcel Telles resume hoje a aventura: “O camarote funcionou como um grande comercial. O endosso das pessoas que frequentavam aumentou o prestígio e aceitação social da cerveja”. Tudo a favor.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.