TJ paulista manda soltar a cantora Preta, do MSTC

TJ paulista manda soltar a cantora Preta, do MSTC

Sonia Racy

10 de outubro de 2019 | 15h13

.

JANICE FERREIRA, A CANTORA PRETA. FOTO: ESTADÃO

 

O Tribunal de Justiça paulista acabou de conceder o habeas corpus a Janice Ferreira, mais conhecida como Preta, e seu irmão, Sidney Ferreira Silva, ambos ativistas do Movimento Sem-Teto do Centro (MSTC) e presos há mais de três meses.

“Até o fim do dia eles estarão soltos”, disse à coluna a advogada Vivian Mendes, acrescentando que “só falta, agora, o caso de Ednalva (Silva Franco), que ficou para a próxima quinta-feira”.

No último dia 3, a Justiça de SP já havia concedido habeas corpus à líder do MSTC, Carmen Silva, mãe de Preta e Sidney.

A prisão da família está relacionada ao incêndio em uma das ocupações no centro da capital paulista, em maio de 2018. À época, foram acusados de extorsão e agressão. A defesa alegou que a prisão foi arbitrária e ilegal.

Tudo o que sabemos sobre:

MTSCJANICE FERREIRA

Tendências: