Tiro no coração

admin

24 de janeiro de 2009 | 06h00

O que mais aborreceu o conselho de administração da Osesp, na entrevista que John Neschling deu ao Estado – e que lhe custou a demissão e a perda de um salário mensal de R$ 100 mil – , foi o fato de ele ter insinuado indiretamente que a carta que ele enviou ao conselho, que considerava confidencial, foi vazada por… FHC.

Quem vem a ser o presidente do conselho.

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.