Tiete

Sonia Racy

20 de março de 2013 | 01h03

Leitor assíduo do esloveno Slavoj Zizek, Antonio Patriota tanto fez que conseguiu se encontrar com o filósofo “pop star” na UnB, minutos antes de sua conferência, semana passada.

Em visita ao Brasil, a convite da Boitempo, Zizek atraiu mais de 7 mil pessoas a Brasília.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: