Tic, tac, tic…

Sonia Racy

23 Julho 2016 | 01h20

O governo Temer está monitorando de perto o desconforto dos passageiros em Congonhas. Segundo Eliseu Padilha, no primeiro dia de funcionamento do novo sistema de segurança da Anac, a média do tempo na fila do aeroporto foi de 47 minutos. Diminuindo para 28 minutos no segundo dia, e empatando no terceiro e quarto dia (ontem), quando a média manteve-se em 17 minutos.

“Eu espero até mais para ter minha vida assegurada”, pondera o ministro.