Tesourada

Sonia Racy

11 de novembro de 2014 | 01h04

Ante a falsa notícia de que se mudaria para uma cobertura na rua Tomás Carvalhal, Fernando Haddad lamentou, em Brasília, ter ‘descontado’ sua ira no barbeiro André.

“Quando vai se mudar?”, perguntou. A resposta? “Acha mesmo que, se eu tivesse dinheiro para comprar um apartamento desses, estaria cortando o cabelo com você?”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.