Teruo Yamada

Teruo Yamada

Redação

29 de dezembro de 2008 | 06h00

Foto: Paulo Giandalia/AE


Qual será o tamanho da crise internacional em 2009? Estou otimista. Acredito que no começo do ano haverá uma recuperação em relação a 2008. Coisa muito positiva. Mas aviso: teremos que ter paciência.

Ela melhora no segundo semestre? Sim, vamos ver uma melhora no segundo semestre. Mas, até lá, nós teremos que usar de muita criatividade para nos manter.

E o Brasil? Dizer que Deus é brasileiro é uma das verdades mais incríveis que já se proferiu. Nosso País é muito protegido espiritualmente. Mas somos mais influenciados psicologicamente e emocionalmente pela crise do que qualquer outro país. O tarô está mostrando um poder de reação muito forte. Acredite. Vamos sai dessa rapidinho.

A popularidade de Lula cai ou sobe? Pelo que estou vendo aqui, ela vai aumentar rápido. O tarô também diz que, mais uma vez, o nosso presidente terá a faca e o queijo na mão. Certamente, ele se beneficiará desse momento. E também da sorte, o que ele tem de sobra.

E Barack Obama? É um homem visionário. Antevejo que ele se tornará logo mais uma lenda. Chega para ficar, para calar a boca, para recomeçar uma nova história da humanidade. Novos momentos chegarão. O começo será duro, mas muito rapidamente os EUA se fortalecerão novamente.

Alguma catástrofe ambiental, como a de Santa Catarina? Infelizmente, nós continuaremos a ver muitas enchentes no mundo todo. O ano de 2009 será marcado pelo excesso de água, com enchentes fora de época e chuvas torrenciais em alguns lugares. Serão chuvas contínuas, sem muita explicação. Pequenos terremotos também acontecerão, mas as grandes enchentes serão, infelizmente, a bola da vez.

E o mundo, como é que fica? Ano que vem será o início de uma nova consciência individual que, depois, gradualmente, se tornará coletiva. Estaremos fazendo uma análise de nós mesmos. O mundo passará por grandes transformações, mas tudo, no fundo, é um processo individual. Vamos ver as pessoas tentando mudar a realidade. A consciência dos nossos atos estará mais em evidência no ano de 2009.

Um alento. Positividade, bondade e esperança.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: