Tentativa

Sonia Racy

05 de outubro de 2010 | 23h08

Márcio Thomaz Bastos se comunicou por telefone com as advogadas do PT, Marcela Cherubini e Débora de Carvalho Batista. No fim da noite de domingo, elas foram à sede do TRE-SP encontrar com o desembargador Walter de Almeida Guilherme e pressioná-lo a aceitar petição que validasse os votos conferidos a Paulo Bufalo , do PSOL, o que poderia levar a eleição para o segundo turno.

Foi por volta das 11h da noite que as petistas jogaram a toalha: nem com os 0,34% de Bufalo Mercadante teria chance.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: