Tenho dito

Sonia Racy

14 de maio de 2013 | 01h02

A interlocutores, Joaquim Barbosa tem dito: se o plenário do STF aceitar os embargos infringentes, estará aceitando um novo julgamento.

Tenho dito 2

Leopold Nosek, da Sociedade Amigos da Cinemateca, dá seu veredito sobre a crise na instituição: “É legítimo que haja diferenças de opinião com a mudança no Ministério da Cultura, desde que essas diferenças não se façam por meio de boatos”.

E esclarece: uma auditoria da SAC foi pedida para ratificar outras já feitas e também para acompanhar o processo na CGU. Até meados de junho, prevê Nosek, a crise acaba.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.