Temer vai falar de Eletrobrás em viagem com Maia e Eunício

Sonia Racy

09 Agosto 2018 | 01h00

MICHEL TEMER

MICHEL TEMER. FOTO: HELVIO ROMERO/ESTADÃO

Temer vai aproveitar a viagem ao Paraguai, dia 15, para conversar com Rodrigo Maia e Eunício Oliveira, que vão junto, sobre aprovação de projetos – os últimos – de seu governo. Ao que se apurou, o presidente dará atenção especial a dois PLs: o da cessão onerosa e o da privatização das distribuidoras da Eletrobrás.

A não aprovação do PL das distribuidoras pode levar a Aneel a repassar R$ 1,4 bilhão à conta dos consumidores, decorrente dos custos de operação de cinco distribuidoras do Norte e Nordeste.

As mesmas que dependem do PL para serem leiloadas.

A mensagem de Ilan Goldfajn

Ilan Goldfajn, do BC, fez chegar ao ministro Eliseu Padilha que a não aprovação do PL da cessão onerosa pode abrir rombo bilionário nas contas públicas em 2019, com impacto na taxa de juros no próximo governo. O Planalto calcula arrecadar R$ 100 bilhões com a venda de áreas que hoje estão com a Petrobrás e que o governo pretende levar a leilão.

O governo corria ontem contra o tempo para obter assinatura e levar o tema à votação no Senado entre dias 28 e 30.

Leia mais notas na coluna:

Alckmin fala a grupo de empresários reunidos por Abílio Diniz

Bolsonaro não retruca declaração de general