Tem brasileiro no galho

Sonia Racy

09 de junho de 2015 | 01h10

Consta que o Morgan Stanley foi contratado por empresa russa que atua no Reino Unido para vender os seus ativos em 60 dias. É que, por determinação do governo britânico, a empresa precisa sair logo do país, em razão de retaliação adotada contra Vladimir Putin.

Ligada ao gigante Rosneft, a companhia pode ter parte do seu controle adquirido por petroleira brasileira.