Endereço

Sonia Racy

17 Maio 2017 | 00h45

FHC tem deixado claro a interlocutores de que não precisa de intermediários para falar com Lula. Lembra, a quem tenta algo neste sentido, que o petista tem seu telefone. E ele, o de Lula.

Depois da conversa que teve com o ex-presidente no Hospital Sírio-Libanês, pouco antes da morte de Marisa Letícia, a única outra vez – desde então– que FHC falou com Lula foi quando o petista lhe telefonou para agradecer a visita. O ex-presidente compareceu ao velório de D. Ruth, em 2008.

Há esperança

Ao ser indagado, por telefone ontem, sobre a importância da prévia do PIB (o IBC-Br) ter mostrado sinal de recuperação econômica, Arminio Fraga acredita na continuidade desta melhora. “A recuperação será natural, meio tímida, mas dependendo da clareza política e da ausência de acidentes de percurso, essa recuperação vai se sustentar”.

Vencedor do Person of the Year em 2016, o ex-presidente do BC está em NY para prestigiar João Doria, vencedor deste ano.

Ops

A Central de Movimentos Populares entrou com reclamação ontem no Conar. Pede suspensão da propaganda do governo sobre a Previdência.

É que o programa usa imagens de protesto realizado em abril contra às reformas de Temer. E exibe a bandeira da CMP, sem autorização. Além do Conar, a Central pedirá liminar na Justiça.

Toc toc

Dirigentes sindicalistas continuam, desde a semana passada, peregrinação no Senado para tentar impedir a aprovação da reforma trabalhista.

Se encontram hoje com Renan Calheiros para tentar articular alguma mudança sem esperar pelas MPs prometidas por Temer. Na semana que vem, os sindicatos prometem invadir o Congresso durante o Ocupa Brasília.

Direto e reto

Entre os sem número de encontros agendados por Doria em NY, gerou risos a resposta que o prefeito deu em reunião com Rob Speyer, presidente da Tishman Speyer –uma das maiores incorporadoras do mundo.

Ao ser indagado sobre como conseguiu emprego aos 13 anos de idade na agência de publicidade Ogilvy, respondeu: “Batendo na porta e pedindo”.