Tela fervendo

Sonia Racy

27 Julho 2016 | 00h35

Membros do conselho da Cinemateca se reuniram ontem à tarde, em caráter emergencial.

Motivo? Discutir os próximos passos depois que o ministro da Cultura, Marcelo Calero, exonerou a cúpula da organização.

Tela 2

Parte do conselho está inconformada porque o grupo expôs, em recente visita do ministro e do secretário, a insatisfação com a decisão – tomada, em 2013, na gestão Marta Suplicy – de que a organização não seria mais gerida com apoio da Sociedade Amigos da Cinemateca.