Tela quente

Sonia Racy

20 de julho de 2012 | 01h04

Final feliz para o operador de áudio demitido por justa causa após exibir DVD erótico na… Basílica de Aparecida. O TST decidiu: ele receberá tudo que tem direito. O rapaz afirmou que a “obra” estava sem identificação.

O constrangimento só não foi maior, segundo ele, porque apenas o menu do filme foi exibido, além da mensagem “Faça sexo seguro, use camisinha”. Meno male.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.