‘Teje preso’ duplo

Sonia Racy

10 Dezembro 2014 | 01h03

Seguindo a moda que invadiu o País, desembargador deu voz de prisão, dias atrás, a um colega de mesa no Paulistano. O desafeto, também do Judiciário, não se abalou: deu voz de prisão ao oponente. Motivo da briga? As eleições no clube, que ocorrem hoje.

O clima só melhorou quando amigos de copo decidiram, em conselho, rejeitar as duas sentenças.