Teatro Cultura artística deve reabrir em 2023, com obra de Sandra Cinto

Teatro Cultura artística deve reabrir em 2023, com obra de Sandra Cinto

Sonia Racy

27 de novembro de 2021 | 03h59

Reforma do Teatro Cultura Artística, destruído por incêndio em 2008

Reforma do Teatro Cultura Artística, destruído por incêndio em 2008. Foto: Werther Santana/Estadão

Quando for inaugurado em 2023, o novo Teatro Cultura Artística terá na sua grande ala as paredes revestidas por obra de Sandra Cinto. Consultada, a artista contou que para chegar à versão final, levou seis anos de trabalho e várias reuniões com engenheiros acústicos. Tudo para definir as curvas e relevos das paredes, tentando conciliar o movimento do desenho com as especificações técnicas exigidas para garantir a acústica perfeita. Aqui vão trechos da conversa com a coluna.

 Como surgiu a ideia de ter uma obra de arte sua nas paredes da grande sala do teatro?

O Cultura Artística tem uma histórica ligação com artes visuais, desde o painel “Alegoria das Artes” criado por Di Cavalcanti, que integrava a fachada do teatro original. A diretoria do Teatro me convidou para dar continuidade a essa tradição. Acredito que lembram do meu nome por conta da minha relação profunda com a música, onde em muitas das minhas instalações, o público é convidado a imaginar a sonoridade dos desenhos no espaço. E também por conta da minha relação com a arte pública.

De que forma sua obra se insere no teatro?

Penso a Grande Sala de Espetáculos como um templo onde Música, Arte, Poesia e Amor são sagrados. A composição das paredes que emerge do grande pentagrama é escrita visual à espera de uma interpretação imaginativa. Meu desejo é que o espaço acolha o público de braços abertos e o transporte pela música. Reverberar, expandir, iluminar são os verbos desta polifonia. O projeto também inclui duas tapeçarias para o Foyer Roosevelt, além das funções acústicas, estas tapeçarias darão boas vindas ao público presente nos espaços (loja, livraria e café) que permanecerão abertos durante todo o dia.

O que significa para você uma obra como essa?

É uma grande honra e um privilégio realizar um trabalho dentro de um dos equipamentos culturais mais importantes do País. É também uma oportunidade de estabelecer uma profunda, duradoura e direta relação com a cidade, sua história e as pessoas que pertencem à comunidade. O novo Teatro Cultura Artística olha para o futuro, suas iniciativas educativas  impactam cerca de 10 mil pessoas por ano. Sua política de inclusão e o desejo de cada vez mais dialogar com a cidade fazem deste lugar uma potência urgente e necessária, especialmente agora, neste mundo pós pandemia.

Tudo o que sabemos sobre:

teatro cultura artísticaSandra Cintoobra

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.